quarta-feira, 1 de agosto de 2007

#78 - Asterix & Obelix

Esses romanos são loucos! A dupla dinâmica dos quadrinhos franceses marcou gerações de crianças e adultos pelo mundo inteiro distribuindo tabefes nas poderosas Legiões Romanas de César, caçando javalis no braço e afundando navios piratas.

Asterix e Obelix eram os heróis da irredutível aldeia gaulesa que apavorava as guarnições romanas de Petibonum, Aquarium e Laudanun resistindo bravamente ao invasor. Aditivados por uma poção mágica desenvolvida pelo druida Panoramix, os dois eram a linha de frente da grande mãe da Resistência Francesa, sempre disposta a espinafrar o invasor. Apenas Obelix não podia tomar a poção, uma vez que havia caído acidentalmente num caldeirão cheio dela quando ainda era pequeno, de forma que ganhou super-força.

A criação dos cartunistas Albert Uderzo e René Gosciny em 1959 começou a conquistar o mundo em 67, com a publicação do álbum Asterix, o Gaulês. Asterix, seu grande amigo Obelix e o fiel cãozinho Idéiafix são bons gauleses e como tais desfrutam de tremendos bigodes - assim como todos os homens de bem da brava aldeia.


Aventureiros natos, os gauleses não se contentavam apenas em esculachar as tropas romanas ao seu redor, tendo excursionado pela Germânia, Bretanha, Espanha, Penísula nórdica e até o Egito, onde impressionaram a rainha Cleópatra. O grande destaque fica em sua incursão pela ilha da Córsega, terra natal de Napoleão Bonaparte, onde descobrimos a mais roquenrou forma de democracia do mundo ocidental. Os corsos elegiam seus líderes através de votos depositados numa urna, que era jogada ao mar no final da votação e os concorrentes saíam no pau para decidir quem seria o novo líder.

Boatos de origem certamente latina dizem que Asterix e Obelix eram solteirões apenas de fachada, pois mantinham um tórrido romance homossexual às vistas turvas da aldeia. Este blog refuta tamanha falcatrua! Nossos bravos gauleses edificaram seus caráteres à semelhança de seus bigodes - volumosos, rijos e transparentes.

4 comentários:

Capitu disse...

Viram isso?

Os 10 bigodões mais bonitos do pop
http://igpop.ig.com.br/externo/2007/07/31/de_prince_a_latino_os_dez_bigodes_mais_bonitos_do_pop_945974.html

Bernardo Esteves disse...

Plágio deslavado, hein?! Cabe processo!!!

Mas voltando aos gauleses: descobri que, na tradução para o inglês, o druida se chama Getafix. Genial!

godo disse...

A Bizz não tem vergonha. Depois de copiar a Rolling Stone, copia este blog!

Como diz o sábio, plágio é a forma mais honrosa de cópia que existe.

Eduardo Rodrigues disse...

O nome disso é inconsciente coletivo.