quarta-feira, 4 de setembro de 2013

A vida é melhor de bigode

Recebi hoje o link dessa que é de certo a melhor conta do Instagram de todo o Instagram.


Não entendi muito bem o propósito, mas me parece que sempre que dá um sorriso, Benny Winfield Jr tira uma foto de si mesmo. Percebam como os sorrisos são muito mais largos, sinceros e acolhedores quando ele deixa crescer o bigode.


sexta-feira, 10 de junho de 2011

Uma banda que acabou quando raspou o bigode


sábado, 30 de abril de 2011

Ele costumava tocar com o Art

Paul sim,on e John Lennon apresentam o Grammy.



E vamos ouvir um som




Via Fred Leal

sexta-feira, 5 de março de 2010

Dignidade, eis-me aqui de regresso, ó pá!

Vem de Portugal, a terrinha dos bigodudos mais GLORIOSOS dos séculos venturosos das navegações a iniciativa que faltava para que o mundo moderno reencontre-se com sua dignidade e razão de ser.

"Queremos a seleção de bigode na África do Sul", bradam nossos primos mais velhos, a gente que mandou seus facínoras e degredados para povoar os trópicos, para fugir de maridos traídos e violentos, de pais de família que não suportariam ver suas filhotas dando por vontade própria a qualquer zeruela!

Este blog não pode fazer outra coisa que não apoioar ENTUSIASTICAMENTE a magnífica voz da nação lusitana e solicitar a seus cracks que TOMEM VERGONHA NA CARA, em especial o tal de Cristiano Ronaldo, que nunca, jamais, em tempo algum, nos enganou.


http://www.facebook.com/combigodeemafrica

 
Figo, vai lá e mostra pra eles. 

terça-feira, 23 de fevereiro de 2010

Fica Morango!

Essa capa do meia precisava ficar arquivada aqui no Globo. Os caras dão provas de brilhantismo diárias, quem acompanha sabe. Mas nesta terça-feira eles gravaram de vez seu nome na história do jornalismo-raiz brasileiro.



Claro que a nossa candidata ao milhão e meio de reais nesse BBB é a Morango. Dizer que bela moçoila tem bigode é maldade com ela e um desrespeito com a instituição do bigode. Aquele leve buço é um charme que nenhuma nação de origem lusitana pode renegar.

Bonita (sem ser chata que nem a Fernanda), sensual (sem ser vulgar como a Lia) e gostosa (sem ser deformada como a Claudia); Morango é a única mulher de verdade na casa este ano. E foi a única com coragem pra bater de frente com a prepotência, agressividade e feiura do novo ídolo brasileiro, Dourado, o Jece Valadão do século  XXI.

quarta-feira, 29 de abril de 2009

#213 - Francisco Cuoco


Um dos maiores galãs de novela e da música brasileira dos anos 70 não poderia se furtar à ostentação de um glorioso bigode. Terror das menininhas de família, empregadas domésticas e frangas de teatro, Francisco Cuoco era O garoto-propaganda que toda companhia de cigarros gostaria de estampar em seus anúncios. O Charlton Heston brasileiro. Poucos sabem, mas ele é pai de Renato Gaúcho.
Quando meu pai começou a trabalhar no cartório, em 1978, era confundido com Francisco Cuoco. Meu pai parou de fumar nessa época e hoje é confundido com o vôvô-garoto Nuno Leal Maia. Nesse tempo:

Francisco sempre foi o nosso Casanova. Desde a parceria com o Imperador D. Pedro I, aos 25 anos, na mítica expedição do "caminho do ouro", que culminou na população de Minas Gerais, até hoje, quando mesmo aos 297 anos de idade, sua beleza fóssil ainda proporciona suspiros nas senhoras de família.

Desde os tempos mais primórdios... Francisco Cuoco tá aí.

sexta-feira, 20 de março de 2009

#212 - Donnie Brasco


No final dos anos 90, Al Pacino juntou-se Johnny Depp e Michael Madsen no thriller mafioso "Donnie Brasco", que retratava a história do mais bem-sucedido X9 da polícia novaiorquina a se infiltrar na popular e querida Cosanostra, Joe Pistone. Joe, disfarçado de Donnie, se aprochegou dos meliantes e melou o esquema todo, dedurando as falcatruas de mais 100 caras sinistrões.

No filme, Depp faz as vezes de Joe/Donnie que conquista a confiança de um mafioso velhão e na pior, Lefty Ruggiero (Pacino), para ter acesso aos mafiosos. Malandro, Donnie consegue ganhar a confiança do chefe do bando, Sonny Black, interpretado pelo mafioso-mór de hollywood, Michael Madsen. O resto vocês, por favor, vejam o filme pra descobrir.

Um detalhe peculiar: Donnie ao entrar pro bando de Ruggiero teve que tirar seu imponente mustache, que fazia a alegria de sua esposa, porque os italianos não curtem essa ideia de bigodes. Quero ver falar isso pra Vincenzo Corleone!

Trairagem da grossa.