sexta-feira, 3 de agosto de 2007

#81 Mentor

Jamais houve mestre-de-armas mais competente do que Mentor, dono de um dos mais respeitáveis bigodes dos desenhos animados. Cientista versátil, excelente mecânico e confiável chefe da guarda real, nosso bigodudo de hoje era um dos poucos habitantes de Etérea a conhecer a verdadeira identidade de He-Man - o alter ego histriônico, violento, bronzeado e envolto em uma tempestade elétrica do príncipe Adam, o filho do patrão.


Apesar de competente, o metódico Duncan era um homem atormentado por seu passado. Como eu, você ou qualquer criança dona de um coeficiente de maldade um pouco maior podia perceber, Mentor era pai solteiro de Teela - ruiva lasciva e guarda-costas do efebo bombadão Adam. A jovem resultara de uma trepada secreta que o chefe da guarda dera com a Feiticeira. Sempre discreto, ele não dava bandeira e raramente tocava no assunto na frente dos telespectadores.

Graças à personalidade discreta de Mentor, pouca gente sabe que ele, entre uma invenção e outra, enchia a cara. Pra esquecer. Esquecer o insuportável Gorpo, as excentricidades de Adam, sua própria incapacidade de expressar carinho por Teela e, principalmente, esquecer a Feiticeira, aquela bruxa escrota vestida de galinha que botou Mentor pra fora do Castelo de Greyskull com uma filha pequena pra criar.

Por gostar da marvada, o engenhoso Duncan acoplou um funcional receptáculo metálico de vômito na altura do peitoral de sua armadura. Dessa maneira, sempre que estivesse em seus dias de trovão, poderia descarregar o conteúdo de seu estômago em chamas na encolha, sem que nenhum fofoqueiro de Etérea metesse o bedelho em sua vida.

________________________________________________________

Acompanhe o momento mágico em que a Feiticeira salva Mentor do malévolo Esqueleto, colocando as diferenças de lado e recordando os tempos em que Duncan esmerilhava seu bigode nas mais recônditas penas da bruxa boa de Greyskull. Atenção especial para o genial dublador de Esqueleto:






________________________________________________________
Relembre a abertura do desenho:





________________________________________________________

ATUALIZAÇÃO: O leitor Sidney Mirandão trouxe à caixa de comentários deste post uma questão que atormentou uma geração inteira: por que diabos o boneco do Mentor não tinha bigode??? A questão é pertinente e bem colocada, meu caro Sidney, e fomos atrás de uma resposta. IdB não deixa o leitor na beiça.

A solução para o enigma só confirma a carga semântica do bigode: os bonecos da Mattel vieram antes do desenho animado que consagrou os personagens - mais ou menos como os Comandos em Ação. Nessa primeira encarnação, Mentor não tinha bigode.


O mustache foi adicionado quando o personagem foi transportado para a tevê. Fora de brincadeira: o bigode foi cientificamente planejado para dar um ar paternal e sóbrio ao cachaceiro mais engenhoso de Etérea. E funcionou, claro.

Depois do lançamento do desenho, a Mattel demorou um tempo pra atualizar o boneco e embigodá-lo de vez. Dizem os especialistas (!!!) que a segunda versão do brinquedo não chegou ao Brasil.
O leitor de IdB, porém, é um privilegiado e pode conferir abaixo o VERDADEIRO BONECO DO MENTOR, pronto para afundar a clava nos cornos de alguém:

13 comentários:

Bruno Ribeiro disse...

Sugestão: Belchior.

Eduardo Rodrigues disse...

Tá lá: http://idolosdebigode.blogspot.com/2007/05/belchior.html

godo disse...

Porra! Genial!

graziipa disse...

Aposto que o dublador do Esqueleto tem bigode.

Mila disse...

Eu amo esse blog!

Aí', ja viramo bigodinho do Chef-galã Erick Nako?

Tiago disse...

mila:

não sei quem é o chef-galã Erick Nako e suspeito que ele não seja um ídolo.

estarei enganado?

Anônimo disse...

também não conheço o chef-galã, Erick Nako, mas as minhas suspeitas são ainda mais pessimistas que as do Tiago. por exemplo, suspeito que Erick Nako seja um daqueles anagramas que eu não quero decifrar.

Victor

Eduardo Rodrigues disse...

Colegas, Nako já está rascunhado pra um futuro breve. Podem matar a curiosidade desde já.

Os leitores, esses precisarão esperar mais um pouco. Mas trata-se, sem dúvida, de um dos mais promissores bigodes nacionais.

Sidney Mirandão disse...

Excelente post, como de costume (sem trocadilho).

Meu irmão fez uma pergunta pertinente: por que raios o bonequinho do Mentor, nos anos 80, NÃO TINHA BIGODE???? Confiram em:

http://produto.mercadolivre.com.br/MLB-60665880-_JM

Um desrespeito ao consumidor, para dizer o mínimo.

Tiago disse...

sidney:

como você deve ter percebido, a pergunta do seu irmão - extremeamente pertinente, é verdade - foi respondida no final do post.

volte sempre.

Anônimo disse...

terei que dar um confere na coleção de bonecos do meu irmão. não me lembro de um Mentor sem bigode.

Victor

Sidney Mirandão disse...

Agradeço penhoradamente aos colegas blogueiros por esse esclarecimento fundamental.

Vocês elucidaram um mistério que durou exatos 20 (VINTE!!! Cacíldis, como estou velho!) anos.

Meu irmão, o verdadeiro levantador da bola do Mentor imberbe, agradece também, num misto de saudosismo e ódio mortal. Afinal, minha mãe passou os bonecos para frente à revelia dele, deixando-o putíssimo nas calças... em 2001!

Detalhe para o boneco do Mentor bigodudo: o bigode era pra disfarçar a cachaceiragem do caboclo, mas um olhar mais atento mostra seu verdadeiro caráter. ELE TÁ USANDO UM SAPATO MARROM E O OUTRO COR-DE-BURRO-QUANDO-FOGE!!!

Francamente, Duncan!

Bigode Justiceiro disse...

CARALHO! É VERDADE!
Mentor trocou os sapatos além das pernas!KKK