quinta-feira, 26 de julho de 2007

#74 - This fire is out of control, i'm gonna burn this city, burn this city


Antes de ser uma banda indie escocesa, Francisco Ferdinando, nascido Franz Ferdinand Karl Ludwig Josef von Habsburg-Lothringen, foi o pivô do início da Primeira Guerra Mundial. Como bem se sabe, os objetos de desejo da sociedade de consumo mudam de acordo com a época. Se hoje a molecada do morro mata e morre por um tênis Nike, nos arredores de 1914 a melhor forma de impressionar as cocotinhas era cultivando um belo bigodão.

Pois Francisco não só cultivava, como exibia o seu de forma ostensiva, como pode-se ver na foto, tão impressionante quanto a do Barão do verbete anterior. Não sem motivo, esse bigode se tornou alvo de disputas envolvendo o trono austro-húngaro. Mas foi a pura inveja que causou a morte de Franz.


No verão de 1914, quando passeava pela pacata Sarajevo, Ferdinando foi assassinado pelo sérvio-bósnio Gavrilo Princip, dono de um bigodinho que só perdia em inexpressividade para o olhar do militante extremista. Alguns sugerem ainda que Gavrilo estivesse a serviço de outro célebre schnurrbart, do Kaiser Guilherme II, um dos principais adversários de Francisco nos Mundiais de Bigodes de outrora. Mas o Kaiser, assim como Otto von Bismarck, é assunto para outro post...

Não deixem de visitar este site FANTÁSTICO: http://www.petmoustache.com/ Cheguei lá graças a um comentário deste blog: http://belowthenose.blogspot.com/, que também presta grande serviço aa humanidade.

Na foto, Francisco Ferdinando e família, num momento fofo




Um comentário:

godo disse...

Excelente a indicação do Belowthe nose. Ferdinando deve estar com seu bigode sorridente de alegria. Todos pela causa.