sexta-feira, 2 de novembro de 2007

#129 - Stalin, ele não sabe brincar


"Uma suntuosa maquinação posta em prática pelo S.S. Reinhard Heydrich manda fazer falsos documentos enredando o marechal Toukhachevsky, chefe do Exército Vermelho, numa conspiração contra Stalin. Envia-os a Moscou, por complicados trâmites. O objetivo é evidentemente provocar uma tempestade nos círculos dirigentes soviéticos: se os ursos se entredevoram, o lobo nazista será o beneficiário da operação. Heydrich tem êxito inesperado. Uma onda de expurgo desaba sobre a Rússia e dizima seu exército.

Isso tudo por causa de alguns documentos fabricados pelos falsários da S.S.? Mais ou menos. É provável que Stalin tivesse adivinhado a manobra, mas decidiu utilizar-se dela para se desembaraçar de um marechal demasiadamente popular e de um Estado-Maior inquieto e perturbador. É igualmente viável que Toukhachevsky estivesse de fato preparando uma revolução.

As origens são obscuras, mas o resultado foi claro: de um só golpe o Exército Vermelho tornou-se a presa de Stalin. Seus quadros povoaram os campos da Sibéria ou receberam uma bala na nuca. Conforme especialistas os mais sérios, a metade dos oficiais russos foi eliminada, num total estimado de trinta a quarenta mil homens. Alvo privilegiado da repressão? O serviço de espionagem militar.

É lógico. Se o exército conspira, onde está o nó da conspiração senão nesse serviço dedicado às manobras secretas, protegido pela penumbra onde se move? Todos os quadros superiores são liquidados, depois chama-se para a Rússia os agentes que trabalham no exterior; esses são os mais suspeitos de todos. O afastamento lhes deu uma liberdade de ação propícia à conspiração."

O resto da história, os senhores podem ler no livro "A Orquestra Vermelha", de Gilles Perrault, sobre o serviço de espionagem do Exército Vermelho na Segunda Guerra Mundial.

Tem um site aí, que fez vários origamis de ídolos de bigode e... ok, alguns sem bigode também. Mas vale a visita.

Um comentário:

Pezzoti disse...

Origamis geniais. Falta aqui o post do Sheakspeare. E do Einstein. E um sistema de buscas interno do blog que seja melhor do que essa tag cloud mucho loca. Mas que é engraçada.